terça-feira, 14 de maio de 2013

fim de semana dos vampiros

Nunca fui à bola com os Vampire Weekend. Acho que é por causa das letras que são inconsequentes no pior sentido, aquela nonchalance de beto feliz, um non-sense que não cria imagens poderosas e que parece servir apenas para camuflar o facto de não se ter nada para dizer, com trezentas referências hipsters pelo meio etc. Este vídeo da música step mete isso bem em evidência porque, para além do cliché Nova Iorque a preto e branco (parece-me que até reconheço planos que são fotos de fotógrafos famosos), tem a letra lá espetada para todos poderem confirmar o que digo. Contudo, já vão no 3º álbum e são bons, os sacanas. É bonito quando isto acontece.


Aproveito também para deixar aqui esta faixa do DJ Koze que é uma das coisinhas melhores que ouvi nos últimos tempos no ramo da música adequada para trabalhar com o Excel (não com o Powerpoint, cuidado!) no ritmo certo.

3 comentários:

RCA disse...

É pá, hoje estive mesmo para publicar de manhã o "Diane Youg", só porque sim e eu nem gosto dos tipos.

Menino De Sua Mãe disse...

"Música para trabalhar com o Excel" é bonito. Uma categoria muito mais útil que "música de aeroporto" (especialmente para quem não é dono de um aeroporto).
:)

Peppy Miller disse...

são very nice sim senhor e hoje a RUM e a Antena3 lembraram-se de falar deles também