terça-feira, 18 de dezembro de 2012

tive um sonho muito estranho esta noite


Olá, o meu nome é Horácio Gaspar Wells, mais conhecido por H.G. Wells e consegui escrever muitos livros sem precisar de um MacBook Air, Tolan, por isso, nem penses. Já tens dois portáteis.

Admito que um dos portáteis não é mais portátil que um menir, mas o outro chega perfeitamente. Se ficares sem ele quando saíres da empresa, tudo bem, pensamos nisso os dois, para já é muito precipitado. E portabilidade porquê? Sinceramente, tu alguma vez escreves fora de casa, fora de um sítio familiar, onde te sintas fechado e protegido? Tu não és um desses dos cafés pois não? É que se és um desses, vou-me já embora e voltas a sonhar com o coelho. Um tablet? Por amor de Deus... tens de comprar o teclado e acabas por ficar com um notebook com metade da potência de um notebook normal e a custar o dobro. E um tablet não passa de uma máquina de desgastar tempo e cérebro, isto, fora de um contexto estritamente profissional. As pessoas pagam centenas de euros para terem uma bela máquina de facebook, milhões de aplicações inúteis, para serem bombardeadas constantemente com informação, informação, informação... às tantas não retêm nada, os seus cérebros passam a ser uma mera extensão da fibra óptica e que desagua para o nada como um cano de esgoto para um rio. Não preferes ler um livro quando estás no metro? No restaurante? Olha para mim. Papel e lápis. E com isto escrevi A Máquina dos Mundos, A Ilha do Doutor Invisível, o Homem Moreau, A Guerra do Tempo...




12 comentários:

Maria D Roque disse...

Até que enfim uma referência literária soft com quem me identifico. Quem leu e depois ouviu a versão Orson Welles, fica deliciado... Embaralhos "à Pipoco" não ficam bem made in Tolan... jamais(leia-se jámé)... ;)

Maria D Roque disse...

Isto da cores é para imitar blogues de tipas que gostam de dizer coisas ???

Anónimo disse...

porreiro pá!

porque é que é uma referencia soft?

li o homem invisível e gostei.

ou melhor, a ilha do doutor invisível, assim é que é!

Maria D Roque disse...

Depois de Nabokov e Céline, o tio Herbert George é MUITO mais "levezinho"

Tolan disse...

as cores era para ficar mais parecido com o sonho que tive (eu sonho a cores e em HD)

Anónimo disse...

Tolan, o timoneiro dos pobres, sonha com tablets e caga posts sobre nouvelle cuisine...
AAAAAAAAAAAAAHAHAHAhAhahahaha que fraude!
Fake!!!!!
R.

nAnonima disse...

(eheheheehehe! rio do comentário do R. :)

Isa disse...

amei!

Peppy Miller disse...

O teu sonho foi mesmo top!!

tata disse...

os teus sonhos cansam-me imenso homem...

Izzy disse...

Confesso que sou uma mera extensao de fibra optica a desaguar para o nada... mas como nao tenho pretensoes de escrever em blogs, e muito menos romances, ta tudo bem. Mas compreendo bem esse sonho com MacBook Airs. Evito olha-los nos olhos; sao dificeis de resistir... Vira-te antes para o Samsung Chromebook. Tambem esbelto e a um quarto do preco.

Tolan disse...

Interessante, o Chromebook... obrigado pela dica!