segunda-feira, 1 de outubro de 2012

boas notícias para a literatura portuguesa

O grande génio Tolan (eu) passa a ter disponíveis +50 minutos diários de transportes públicos para ler, aumentando assim a motivação para e escrever e os índices de qualidade dos textos. O carro alemão ficará confortavelmente estacionado durante a semana. A trilogia do John Dos Passos que o Tolan está a ler há quase dois meses, no novo contexto, seria lida em apenas três semanas.



Tolan passará a contar com quatro momentos diários de leitura, sendo dois deles obrigatórios, ao contrário da leitura ao almoço ou da leitura na cama antes de dormir. Quanto à leitura ao almoço, ela implica ser acusado de "não gostar de pessoas". Não é um custo muito elevado, apesar da acusação de alguns colegas ser incorrecta. Tolan é um artista. É um introvertido que recarrega as baterias com o som do murmúrio refrescante do riacho da sua própria imaginação ou da imaginação de pessoas como o John Dos Passos. Sobre a segunda, continuar atento a qualquer livro enquanto Plaft tira o soutien e veste uma das t-shirts de dormir, com a língua de fora como ela faz quando uma operação exige concentração ou destreza, é prova de uma enorme insensibilidade estética. Tolan suspende qualquer actividade intelectual e limita-se a contemplar, satisfeito por existir no agora. É inútil, após tal espectáculo, continuar a ler porque fica acometido de dislexia.

7 comentários:

nAnonima disse...

eheheheh!

(é uma alegria ler os teus textos! Bela Plaft!)

Anónimo disse...

Assim tens contacto com o "povo", a ver se tiras de vez essas ideias neo-liberais da cabeça. Tolan, o comité central precisa de ti e os leitores precisam de textos. Boa decisão, camarada.

Tolan disse...

É um regresso ao povo de onde ascendi porque não sou piegas e teria boa nota com o António Borges. Esqueci-me foi de falar na bicicleta, porque me parece que de vez em quando vou evitar o povo e ir de bicicleta neo liberal alemã xpto.

silvia disse...

Essa Plaft existe
ou
é só um truque, como o :)
heheheheh

Tolan disse...

Espero bem que exista ou então tenho problemas mentais sérios como aquele senhor do Fight Club.

Anónimo disse...

A gente desculpa-te a bicla Reise Reise, ó.

Izzy disse...

Tens no ao q o dos Passos era comunista certo?