domingo, 30 de setembro de 2012

com cgtp, quem ganha é você

Definitivamente, retiro tudo o que disse sobre a capacidade da CGTP de organizar manifestações e meti o pé na argola ao criticar o movimento cívico do "Que se lixe a Troika". A cena do gajo da UGT dizer que não iam à manifestação porque "a casamentos e batizados, só vai quem é convidado" já me tinha posto de pé atrás quanto a estas merdas, mas valores mais elevados se levantaram. Se é certo que a generalidade das pessoas não era da CGTP, também é certo que a organização profissional da CGTP transforma a manifestação numa coisa tão espontânea como a festa do PSD-Maneira Chão da Lagoa. O sistema de som que instalaram pela praça do comércio tinha um volume tão estridente que era mesmo responsável por enormes clareiras de gente que não queria ficar surda a ouvir músicas revolucionárias, mais próprias da melancolia de um historical reanactment do 25 de Abril do que de um protesto sincero. Barracas a vender vinho e cerveja e um espírito de passeio turístico da terceira idade da província ao mosteiro dos Jerónimos.

Havia mais energia na pequena multidão em frente ao palácio de belém ou no micro ajuntamento de Peniche no dia 16 de Setembro do que naqueles milhares de protestantes amestrados entre os quais, para meu pavor, estavam uns com bandeiras da RTP. Quando acabaram os discursos da praxe e a musiquinha, debandada geral ainda nem eram 5 e meia da tarde, que isto de horas extraordinárias é só para os escravos do capitalismo.
Tenho a certeza que todos voltaram para casa felizes com mais uma "jornada de luta", como eles chamam a estas merdas, sem nunca se questionarem porque raio andam há três décadas em "jornadas de luta" só com vitórias morais.
 Notas positivas, para além da adesão de muita gente livre e da malta nova que não se cansou de gritar até desaguar no Terreiro do Paço (onde qualquer esboço de cântico esbarrava na wall of sound das cantorias venezuelanas do Janita Salomé e na indiferença dos verdadeiros donos da manifestação que não estavam cá para desordens ao planeado pelo comité da respectiva secção distrital) saliento um movimento interessante, o MAS (http://www.mas.org.pt/) que defende a união das esquerdas, ao qual eu e a Plaft nos juntámos, mas só depois de conferir cuidadosamente que o manifesto que nos entregaram não colidia com as minhas convicções liberais de direita.

9 comentários:

Maria D Roque disse...

No tempo do PREC, quando eu tinha a mania que os chatos comiam alpiste,e os COPCONs andavam a papar miudas, fui dirigente da JS do meu bairro, com cartãozinho e tudo. Como diz o ditado que "quem mora no convento é que sabe o que lá vai dentro", aprendi o significado de liberdade e democracia à minha custa, e curei-me da queda para a esquerda de uma vez por todas.Já naquele tempo - eu sou do tempo em que o PS era esquerda- as coisas funcionavam muito bem em termos de mobilização de massas .

Pedro Almeida disse...

Errrr...Tolan, como te hei-se dizer isto, o MAS é o movimento do Gil Garcia, um tipo tão radical que o BE achou melhor correr com ele antes que o seu eleitorado se assustasse.

Tolan disse...

não sabia, mas já sei quem ele é. ao que sei foi ele que saiu do bloco. E os motivos não me pareceram imbecis.
Quanto ao bloco, a partir do momento em que conseguem (directa ou indirectamente) correr com o Rui Tavares, está tudo dito.

Anónimo disse...

Não sei, estive a trabalhar.
Já o Rui Tavares tem pinta de atrasado mental. É careca no alto do cocoruto e tem um Citroen C3 Laranja. Carro de gaja. Está tudo dito.
Ainda no Domingo lhe ia dando literalmente uma murraça no alto da pinha. Na Fnac.
R.

Tolan disse...

hás de ter muitos amigos assim com essa atitude R :(

Anónimo disse...

É a minha maneira de exprimir toda esta raiva que se acumula. Preciso de um amigo verdadeiro. Ou de uma boazona virgem, estilo Gabriela. Mas acima de tudo não consigo dar vazão às frustações. Não canto. Não escrevo. Não crio. Não ouço música. Leio relatórios e faço sudoko. Sou um tipo frustrado. Que trabalha num escritório. Um génio em potência.
R.

Tolan disse...

Oh, eu sei o que isso é. Sabes o que ajuda mesmo? Beber, especialmente à noite. É uma questão de prática em controlar as quantidades e o tipo de bebida para não agravar o problema ao ter sucessivas ressacas :)

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra generique
http://commanderviagragenerique.net/ acheter viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra generico
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ acquistare viagra

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ commander cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ commander cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis compresse
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis