sábado, 10 de março de 2012

emel, não te metas com um passivo-agressivo procrastinador

Sou tão novinho e já tenho duas viaturas alemãs (uma não é exactamente minha e a outra foi o meu pai que me deu metade). A minha rua foi reclamada pela emel e a minha autorização de estacionamento da viatura que é minha expirou sem eu dar por isso. Descobri agora que expirou há uns meses e que fui coleccionando multas a pensar que era publicidade no pára-brisas. Nunca me ocorreu parar para ver que papéis vermelhos eram aqueles, só pensava "a Vodafone está mesmo desesperada, o que é que eles querem de mim!?" de cada vez que passava pelo carro. O outro, o mais potente e bonito, não tem a autorização da emel porque dá trabalho, tem de se tirar senha e esperar e eu não gosto de esperar. Então de vez em quando apanha uma multa se me deixo dormir de manhã e não o tiro da rua antes da emel atacar. É uma espécie de incentivo para acordar cedo. Tenho agora duas unidades de recebimento de multas no activo a competir uma com a outra. Três se contar com a da Plaft, Sílvia que já sofreu um ataque da emel pelo qual me responsabilizei. Como sou de direita, acho muito bem que a emel multe os carros e organize as coisas, desde que não tenha meios para me obrigar a pagar. Eventualmente, a emel fará as contas e compreenderá que pode realizar 20 ou 30% do seu orçamento anual se me aparecer à porta de casa com a PSP e um terminal de multibanco. Até lá, vamos encarar as coisas pela positiva.

Vou para o Brasil amanhã, São Paulo e Rio (em trabalho, claro) e tive de tirar os dois carros daqui da rua e deixá-los no único sítio num raio de 2km onde a emel não entra: o bairro social dos ciganos. Despedi-me das minhas viaturas com ternura e um até sempre e fui-me embora, acendendo um cigarro. Antes de virar a esquina ainda espreitei por cima do ombro. O meu carro alemão velhinho até parecia sossegado e pronto a dormir a sesta, mas o de 200cv tinha os faróis angustiados, entalado entre um 206 kitado e uma Ford Transit branca de 1995.

6 comentários:

Isabel disse...

Boa viagem :)

Anónimo disse...

Vai com Deus.

Tiago disse...

Já jantaste no Unique? a vista vale a pena. se tiveres 250 para chapar numa noite, vai ao Mint Club em Itaim, tb vale a pena.

Isa disse...

a minha experiência foi bem mais gira :p

Spider Pig disse...

Será que depois do regresso os alemães ainda estão no sítio e intactos? A ciganada é tramada...

margas disse...

Epa antes os Ciganos que que a EMEL! Essa é que nunca, que os ciganos levem os bólides! :P