domingo, 1 de janeiro de 2012

guião para todos os telejornais do dia 1 de Janeiro, de 1983 a 2340 (altura em que seremos invadidos por aliens)

Imagens de fogo de artifício em várias cidades estrangeiras que aplicam o calendário gregoriano, nomeadamente Sidney, Nova Iorque (times square), Paris (arco do triunfo ao fundo) e Moscovo (praça vermelha). Pessoas na rua, cheias de frio, a beber champanhe de copos de plástico, animadas. Fogo de artifício na Madeira. Passagem de ano na Serra da Estrela, entrevistas a pessoas meio alcoolizadas e com o mesmo perfil socio-demográfico das que vão à inauguração de um centro comercial ou de um túnel rodoviário. Imagens de festa em Lisboa que este ano se resumiu a uns foguetes no parque das nações. Planos de pessoas com aspecto de fazerem corridas na Vasco da Gama em carros roubados, extremamente agitadas e eufóricas.

Contabilidade de mortos na operação Natal - Ano Novo, "balanço positivo, menos acidentes este ano" ou "mais acidentes e mais mortos" ou "menos feridos graves mas mais acidentes" etc. Directos para a Ponte 25 de Abril deserta e uma jornalista enregelada a repetir várias vezes a expressão "tudo calmo por aqui". Plano para a direita, onde aparece um agente da autoridade que estava ali sossegadito à espera, com as mãos atrás das costas. Agente diz que tomaram conhecimento das ocorrências e agiram em conformidade.

Recorde do guiness. Este ano parece que foi na Figueira da Foz, o recorde do mundo de maior número de mini-foguetes. Parabéns à Figueira pelo recorde.

Banhos em rios gelados, algures na Rússia ou na Suécia. Primeiro banho do ano em Portugal, homens de bigode a correr para a água ligeiramente aquecida pelos esgotos de Carcavelos numa demonstração de virilidade e fé no sistema imunitário.

Primeiro bebé do ano, mãe encadeada pelas luzes das câmaras, monstrengo enrugado na incubadora.

INEM, hospitais, noite agitada, jovens em coma alcoólico entrevista a agente de autoridade ou médicos a dizer que tomaram conhecimento das ocorrências e agiram em conformidade.

Consoante a estação de televisão, repetição das imagens da conclusão dos respectivos reality shows na véspera.

4 comentários:

Gaja Maria disse...

Mais do mesmo portanto... isto nunca muda, vamos ter todos de emigrar... :D

Bcool973 disse...

Este ano faltou o fim de ano no calor do Brasil/Angola, lacuna grave visto estes terem sido o destino de quase cem mil almas no ano que passou

bee disse...

é mesmo, mesmo assim!...

Sofia disse...

tal e qual, com a excepção de que o "mostrengo" estará no berço e não na incubadora. Eu sei que os berços das maternidades são de plástico e um bocado esquisitos, mas não são incubadoras...