terça-feira, 13 de setembro de 2011

conselhos úteis para o sexo do ponto de vista delas

Chamaram-me a atenção para este texto de um blogger chamado Arrumadinho que me disseram que faz intercurso com uma blogger conhecida que se chama Pipoca Mais Doce e que são casados como deve ser. O post que é sobre intercurso, começa com um aviso para não pensarmos que se refere a intercursos seus com a Pipoca Mais Doce e deixa bem claro que tudo o que sabe sobre problemas neste capítulo se refere a coisas que leu e ouviu dizer.

Também informa os leitores e as leitoras que o homem perde a erecção depois do referido intercurso, o que constitui certamente grande surpresa para as senhoras que pensavam que era uma coisa pessoal, que era por causa de serem elas e com outras isso não se verificava e também é surpresa para homens que ficavam intrigados com isto e como tinham muita vergonha não diziam a ninguém. São também usados termos técnicos como "toma, toma, toma, já está" e "toma-lá-dá-cá".

Eu achei que se calhar devia fazer o meu também e também do ponto de vista da mulher, só para completar o do senhor Arrumadinho, porque também tenho algo a dizer neste domínio. Tal como o Arrumadinho, também não é por mim, é por aquilo que oiço dizer e vejo nos filmes e leio em revistas e livros da especialidade.

Eu tento sempre ver as coisas do ponto de vista da mulher porque é importante ver as coisas do ponto de vista delas pois só assim se compreendem alguns mistérios da vida, como os símbolos das etiquetas de roupa que para nós são como os aerogrifos egípcios.

Então sobre o ponto de vista da mulher no sexo, para além do que o Arrumadinho disse e que grande iluminação suscitou, o que acho é o seguinte. Não se deve implorar por sexo. E é importante não forçar a mulher a ter sexo no caso dela não querer ter sexo. Isto parece evidente mas não é, deve haver o envolvimento emocional que a mulher valoriza. No caso das que não consomem álcool é preciso criar o ambiente certo e dizer as coisas certas no momento certo. O momento é muitas vezes descurado e até se podem dizer as coisas certas mas se for no momento errado pode resultar muito mal. Dizer "a beleza da Cristina Ricci é ambígua mas ela é muito sensual " ao jantar é correcto e um tema interessante pois fica sempre bem nomear mulheres que não a Scarlet Johansen ou dessas que são mesmo muito mais bonitas do que a mulher com que estamos a jantar. Mas se dissermos isso durante o intercurso pode levar a que fiquem desconcertadas e acendam a luz.

Também é boa ideia tirar os nossos bonecos de peluche de cima da cama porque nem todas as mulheres gostam de menáges e por vezes até se sentem incomodadas se metermos o snoopy em cima da mesa de cabeceira virado para a cama para poder ver também. Percam uns segundos a tapar os olhos do snoopy com as suas orelhas. A propósito de ver, algumas mulheres não consideram a pornografia excitante e acham-na degradante até, pelo que é essencial esconder a webcam ou a sonyhd e desligar a luzinha vermelha do REC, é uma questão de se consultar o manual.

A duração do intercurso é muito importante e o Arrumadinho diz que é normal haver intercursos de 2 a 5 minutos o que realmente é muito mau porque 2 a 5 minutos nem chega para os preliminares que é o tirar da roupa delas, especialmente o soutien, muitas vezes às escuras que é como aquele truque do Houdini, o do cofre no fundo do rio Hudson e que ele tinha um gancho do cabelo para abrir quinze cadeados.

Um bom treino é comprar um soutien e ir a uma quinta de um amigo de confiança e prendê-lo numa porquinha ou numa vitelinha (tem se ser algo que se mexa e tenha uma sensibilidade feminina, para ser realista) e tentar abrir o soutien o mais depressa possível com os olhos fechados. Com a prática conseguem ter mais tempo disponível para o fazer do amor.

No intercurso também se podem alongar e esforçar um pouco. Em vez do «toma, toma, toma, já está» optem antes pelo «toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma e... toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, toma, tooooooma, tooooooooma, TOMAAAA, já está».

Fazer o amor não é só o antes e o durante, também é o depois. Deitem-se de lado ou de barriga a seguir porque elas começam a falar e dão por estarmos a dormir se ressonarmos, o que consideram indelicado.

E pronto, não custa nada fazer alguns pequenos esforços no intuito de melhorar as coisas porque uma mulher é como uma boa motocicleta, podemos montá-la toda a vida mas é preciso ser estimada e estar sempre bem lubrificada.

39 comentários:

Isa disse...

Não li o post em referência mas amay este, engraçadíssimo, como sempre. (só um aviso: não uses a palavra meter aqui no Brasil. Só tem esse significado, o do post, tomatoma, tás a ver? :D)
Bjooo

Espiral disse...

Adorei o teu post; fartei-me de rir

Fui ler o outro e adormeci a meio. Sofro de vergonha alheia... muita...

Anónimo disse...

Meu, cliquei, sabendo que nao ia a lado nenhum, na 2ª frase vim-me embora... Gente... e falta de noção, não rola? Tens toda a razão, Espiral, mas olha comigo já nem rola vergonha alheia, só abanar de cabeça com tanto demente a recomendar esse espécime, sinceramente... Tenho é pena, sabes?

Catarina disse...

Lindo... Isto é que são aulas de cultura sexual!*

ana disse...

Hahaha, muuuuito bom! :'D

Pink World Fabuloutin disse...

Lindo... adoro estas visões masculinas... mas este não só acrescenta mais uns tópicos como está de ir às lágrimas... a melhor parte é sem dúvida a da motocicleta!!!

E agora, será que algum dos dois sabe o segredo para estimar e manter a motocicleta lubrificada?!? :p

Izzie disse...

:D Tolan, eu amo você.

kiss me disse...

O homem perde a ereção depois do acto?!?!??!??! :O

Anónimo disse...

Genial, outra vez

Anónimo disse...

Todo o texto está interessante mas o parágrafo das etiquetas da roupa está simplesmente fantástico...

Valeu uma valente gargalhada :-)

Isabel

Nawita disse...

Não há grande coisa a acrescentar, apenas que já existem mulheres que gostam de fazer o amor de luz acesa.

São João disse...

Aquilo é mesmo converseta de gajo que trata a mulher por você, chiça...

Lima e Tequilla disse...

Adorei este post ;)

Ana disse...

Lindo! Treinar com o soutien na porquinha é de valor :)

Ega disse...

"fica sempre bem nomear mulheres que não a Scarlet Johansen"

eh pá, nem imaginas como isto é verdade. Não sei que raio têm elas contra a Scarlet. enfim, se calhar até sei mas não quero estar aqui a referir.

Reparo agora que só tens senhoras aqui pá. sou eu único gajo que te lê e não tem vergonha de comentar?

Anónimo disse...

Eu também acho que se devem fazer pequenos esforços. Por exemplo, o Arrumadinho faz o esforço da depilação e toda a gente sabe que as mulheres gostam de homens depilados porque é másculo. Não estou a ver como é que vais conseguir ganhar-lhe a isso porque na tua foto vê-se que tens pelos até nas orelhas e deve ser muito doloroso. Boa sorte.

Sofia disse...

Gosto genuinamente de te ler, venho ao teu blog com alguma frequência, raramente comento, mas hoje não me contive, tinha de te dar um ego bust por esta ironia maravilhosa.

rosaamarela disse...

óh my god!!!!

Cat disse...

Fabuloso.

Anónimo disse...

aquele anormal é jornalista de profissão e diz que vai escrever um livro. MEDO MEDO MEDO!! Tb sofro de vergonha alheia e só lá fui duas vezes, mas apanhei logo a tal ameaça do livro e assustei-me. Tolan, és a esperança!
ana

Anónimo disse...

Prefiro ficar Sentado. Elas que façam as preliminares..Já não há paciência.

Drª taberneira disse...

que final épico.

Aladdin Sane disse...

"Narcissa e Bayard, ou pelo menos um deles, passavam sempre pelo escritório, onde estavam o velho Bayard e Miss Jenny, e sentavam-se com eles ao clarão da lareira, onde ardia um lume de lenha - Miss Jenny por baixo do candeeiro com o jornal diário e as suas notícias chocantes; o velho Bayard, de pantufas, com os pés apoiados no rebordo da lareira, uma auréola de fumo em torno da cabeça e o velho setter, deitado ao lado da cadeira dele, com o sono agitado por sonhos, revivendo talvez feitos gloriosos do passado, ou, recuando mais ainda, os tempos em que era apenas um cachorro magricela e desajeitado, quando o mundo estava repleto de odores que lhe punham o sangue em alvoroço e o orgulho ainda não lhe tinha ensinado o autodomínio; Narcissa e Bayard entre eles - Narcissa a sonhar também à luz da lareira, grave e tranquila, e o jovem Bayard a fumar cigarros no seu lazer forçado e renitente.
Por fim o velho Bayard atirava o charuto para a lareira, deixava escorregar os pés para o chão e o cão acordava, levantava a cabeça, piscava os olhos e escancarava a boca num bocejo tão deliberado que, ao vê-lo, Narcissa bocejava também invariavelmente."

W. Faulkner, Sartoris

Sofia disse...

"é por aquilo que oiço dizer e vejo nos filmes e leio em revistas e livros da especialidade" LOL
Estiveste muito bem, parabéns

a.i. disse...

bom, vamos lá a deixar claro uma coisa. Tolan, não está certo que escrevas este tipo de coisas assim sem mais nem menos, sem nenhuma espécie de aviso ou preparação. Trabalho num sítio muito composto onde se tratam de assuntos muito sérios e não fica bem eu de repente desatar a rir às gargalhadas nem muito menos ter convulsões por tentar conter essas mesmas gargalhadas. Bem sei que resposta devia receber, que não se lê blogues durante o tempo de expediente bla bla bla. De facto leio e ninguém tem nada a ver com isso.
Agora ter de ler coisas assim é que não está certo. Ora vamos lá a ganhar juízo e a voltar a temas como o buraco da dívida e assim. Estamos entendidos?

a.i. disse...

ah e quanto à scarlet, desenganem-se rapazes. tb já ouvi mulheres dizerem que ela é uma porca e não sei quê. mas eu cá digo: ela é espectacular, é linda, é boa, se eu fosse gajo lambia todas as revistas onde ela aparece. e pronto, foi o meu momento lesbiano do dia.

Rita Maria disse...

Rita Maria disse...

Izzie, agora amas esse desgraçado? Olha, eu entao amo a Sao Joao.

Izzie disse...

Rita, agora que falas, também amo a São João. Um bocadinho menos, por causa da heterossexualidade, mas bastante (ela gosta do Regresso ao Futuro).

Princesa Tagarela disse...

Mais uma vez ...muito booom!!

:D :D

Sentimento de Mim disse...

Boa visão!

anouc disse...

O Arrumadinho tem as ideias devidamente esterilizadas e organizadas, cada uma na sua gavetinha cerebral.


(Ah, e tu não tens desculpa por frequentares aquilo)


(adeus)

Anónimo disse...

"Percam uns segundos a tapar os olhos do snoopy com as suas orelhas."
AHAHAHAHAH!!! Genial!

Me, My Shit and I disse...

ahahahah lindo...um soutien numa porquinha

Don Draper disse...

Como diz o outro, antes do sexo despem-se um ao outro, depois cada um se despe sozinho.

Moral: depois de fodido, ninguém te ajuda.

o anão gigante disse...

Sobre o escrito e o assunto a que respeita tenho apenas um conselho a dar às jovens e mulheres deste país: reduzam as dores de cabeça porque têm muito tempo para descansar em velhinhas.

Cuca disse...

Que maravilha, Tolan...

Girl Afraid disse...

Um bom treino é comprar um soutien e ir a uma quinta de um amigo de confiança e prendê-lo numa porquinha ou numa vitelinha (tem se ser algo que se mexa e tenha uma sensibilidade feminina, para ser realista) e tentar abrir o soutien o mais depressa possível com os olhos fechados. Com a prática conseguem ter mais tempo disponível para o fazer do amor.


lol muito bom...

A Chata disse...

Muito melhor que os muñecos cutxi cutxi :p