segunda-feira, 11 de julho de 2011

Porque ler grande literatura clássica na tasca da minha rua às vezes é má ideia

«- Oh, meu Deus, o povo é como uma fera, como poderia ele ficar vivo? - ouvia-se no meio da multidão - E era novo, era um rapaz... devia ser dos comerciantes, irra, que povo!...»
- Então o que é vai ser hoje?
- Pode ser uma canja e o entrecosto frito com arroz de feijão.
- SAI UMA CANJA! E É QUENTE NÃO É A FERVER! SAI MEIA DE ENTRECOSTO DEPOIS DA SOOOOPA! E para beber?
- Pode ser uma cerveja.
- Com certeza. Posso pôr aqui o pão?
- Não quero pão mas ponha aqui o cestinho, dá jeito para me segurar o livro aberto, obrigado.
Ok Tolan... onde é que tu ias... ah... «- Oh, meu Deus, o povo é como uma fera»
- Ó sô Antunes, fiquei-lhe a dever alguma coisa de ontem?
- Ficou a dever duas minis.
- Não fiquei nada!
- Ai isso é que ficou Sô Antunes, ele é um caloteiro!
- Não perca dentro de instantes a grande entrevista a Durão Barroso aqui na RTP1.
- Olha m'este agora, tá lá com o bom tacho a mamar! Havia era de ser delapidado!
- Lapidado ó ignorante!
- Ó Sô Antunes, é mais 5 minis!
Calma Tolan, calma, concentra-te no livro, tens de ler o 3º volume até ao fim hoje.
«- Oh, meu Deus, o povo é como uma fera, como poderia ele ficar vivo? - ouvia-se no meio da multidão - E era novo, era um rapaz... devia ser dos comerciantes, irra, que...»

- Olha o Benfica ó!
- Então o Saimar ainda joga lá?
- O "Saimar"?
- O Savola!
- Saviola!
«- Oh, meu Deus, o povo é como uma fera, como poderia ele ficar vivo?» concentra-te Tolan 
- Olha a gasolina vai aumentar outra vez ó.
- Que cambada... é impostos a subir e a gasolina a aumentar... um gajo tá fodido.
- Bebe mas é, cala-te!
«- Oh, meu Deus, o povo é como uma fera, como poderia ele ficar vivo?» concentra-te Tolan «ouvia-se no meio da multidão - e era novo, devia ser dos comerciantes, irra, que povo!...»
- Oh Sô Antunes a máquina não tá desbloqueada!
- Tá desbloqueada tá, a luz verde tá acesa.
- Atão não aceita a nota!
- Ó urso, tás a pôr uma nota de 10!
- E isto não aceita?
- Só aceita de 5!
- A dali do Manel dos Frangos aceita de 10!
- Tás mas é parvo!
- Aceita aceita, vais lá e vês se não aceita.


- CALEM-SE! SIM O CARALHO DA MÁQUINA DO MANEL ACEITA NOTAS DE 10!!! CALEM-SE! POR AMOR DE DEUS! ESTOU A LER O TOLSTÓI! O Tolstói! Tenho de acabar o 3º volume hoje ou tenho de levar este e o 4º volume no avião amanhã! Por causa de 10 ou 15 páginas vou ter de ir com o 3º volume que vou ler logo que estiver sentado no avião 10 horas de seguida. Tolstói! Tolstói!  Preciso de acabar de ler esta merda hoje, faltam-me umas 30 páginas, ainda tenho de fazer a mala e dobrar camisas e fatos e vocês SABEM DOBRAR CAMISAS? NÃO POIS NÃO? E eu vou ter de VIDEOS DE DOBRAR CAMISAS NO YOUTUBE ! Só vim aqui comer uma canja e um entrecosto frito e ler em paz, dá só para falarem um bocado mais baixo? É preciso gritar?... Irra, que povo!

8 comentários:

Cat disse...

Aqui na tasca da rua respeitam-se os intelectuais. Ou dá-se-lhes vinho mau para suavizar os efeitos do povo...

(boa viagem)

Anónimo disse...

olá, tolan, gosto de ti quando não dizes coisas desagradáveis sobre negros (sou negro)

a_secretária disse...

boas férias, boas férias (acho que estás mesmo a precisar)

Mak, o Mau disse...

Já o próprio Tolstoi amaldiçoava a sua vaga semelhança com um taberneiro.

No entanto, muitas dessas maldições eram feitas ao balcão da taberna, por entre dois copinhos da vodka da casa e uma saladinha de esturjão como só a Sôra Kareninna sabia fazer.

E saía sempre ao som do seu próprio lema "Que nunca se brinde à guerra, para que se beba mais em tempo de paz..."

Ah Leão, dizia quem ficava lá dentro...

cdgabinete disse...

Entao e no volume 4 nao fazem nada como "Previously on Tolstoi...."?

Tiago disse...

lesses A Bola que já n havia stress. ires para a taberna ler Tolstoi é estares a emporcalhar a aura de um espaço que demorou décadas e trabalhar... acho mal. Acho que devias ter sido convidado a sair assim que sacasses de uma cena com "lombada" e/ou sem "bonecos".

Tolan disse...

Mak - like
cdgabinete - like
Tiago - unfriend

Mafalda disse...

Farto-me de rir com este post, desde a imagem de Tolstói na tasca encostado ao cesto do pão até à cena de ver videos de como dobrar camisas no youtube. Muito bom!