terça-feira, 24 de maio de 2011

moules frites

Os 'Arcade Fire' originais - grupo de okupas que pega instrumentos e parece ser uma comunidade de gente bem intencionada - eram os dEUS e eram belgas.

Para além de serem bons e de me terem proporcionado um concerto vagamente semelhante ao que seria um concerto de Nirvana, conseguiram o feito inacreditável de fazer os belgas e Bruxelas parecerem cool.

Estava-se em 1999.

10 comentários:

Anónimo disse...

arcade fire > dEUS; só se for mesmo pelo número de gente, que raio de comparaçao.

disse...

depois vieram as drogas e o tom barman passou a ser um bicho eufórico com a nightlife, que nos momentos sóbrios até consegue produzir umas coisas dignas pontuais, mas que regra geral já só tenta não desaparecer da tona de água.

Trapista da Correia disse...

Bélgica e Bruxelas:

- Les Disques du Crespuscle
- Crammed Discs
- Made to Measure
- Factory Benelux
- The Honeymoon Killers
- Telex
- Hector Zazou
- Trisomie 21
- Front 242
...

A única ofensa é chamar cool aos dEus precisamente quando Bruxelas perdia toda a gracinha que tivera até ao alvor dos anos 90...

Ega disse...

Ontem tentei deixar aqui um comentário mas foi tudo ao ar.

Mas falava como a Bélgica tendo, pelo menos, o Georges Simenon e a melhor cerveja do mundo é um país que só não é cool para os portugueses.

E a Antuérpia era ou é, ou tem tudo para ser, uma espécie de Manchester dos anos 80.

Sem esquecer a cerveja DeuS, um portento da criação humana, com cerca de 11 graus de alcool! Isto não é cool Tolan?

s. disse...

tens razão, eram bons. ouvi muito.

Tolan disse...

Errrm eu tenho uma certa afinidade para com a Bélgica digamos assim :)

Tolan disse...

Mas não conheço nenhuma das bandas do Trapista da Correia. A investigar...

João X disse...

Eu até diria que nem sequer és cool o suficiente para gostar dos dEUS oh Tolan. Ahahah

Efémera disse...

Oh Tolan, comparar um concerto de dEUS com Nirvana, francamente. Quando comparados com dEUS o que raio é que são os Nirvana? Não são nada, pois não.
E atrevo-me a dizer que Bruxelas nada teve a ver com dEUS, tendo sido o seu "movimento" essencialmente em Antuérpia.

E apesar de Arcade Fire e dEUS fazerem a música que mais me enche o coração, não creio que devam ser desvalorizados um face ao outro. São diferentes, mas uma coisa têm em comum, que é a honestidade da sua música. Para mim são sem dúvida, juntamente com Led Zeppelin, as bandas que fazem/fizeram a melhor música de sempre (sem contar com os compositores clássicos).
Mas é apenas a minha opinião.

Diego Armés disse...

Pôr os dEUS a ser de Bruxelas é que não está bem, meu caro. A comparação a Nirvana também não é a mais feliz (muito melhores em palco do que os dEUS eram os seus musicalmente irmãos promíscuos Millionaire). Contudo, a canção é muito bem escolhida e esse disco é um grande disco (a ar de The Worst Case Scenario). Os Arcade Fire, no Funeral, também não são nada maus.