quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

writer fashion

Como se sabe, os escritores antes de começarem a escrever, preocupam-se muito com a sua aparência e estilo. Como estou com algum bloqueio e desmotivação, tenho estado a tentar decidir a minha aparência e estilo e estou indeciso entre estes vários modelos. Acredito que depois de escolher um poderei adaptar o meu estilo de escrita ao estilo de roupa que escolher. O contrário é complicado.

Estilo 1: vagabundo que nos vai chatear e cravar cigarros se olharmos para ele

Gorro de pescador em lã, casaco de tweed da zara, relógio timex, calças dos ciganos e relógio timex.
Modelo: Charles Bukowski

Estilo2: hipster
Barba hipster, casaco comprido da Gentle Fawn, camisa Obey, calças WESC
Modelo: Fiedor Dosotiévski


Estilo 3: padrinho de casamento na Quinta da Meta dos Leitões
Fato: Geovani Galli, gravata Zara
Modelo: José Rodrigues dos Santos

 Estilo 4: formal de casamento
Camisa branca da Victor Emanuel
Modelo: António Lobo Antunes

Estilo 5: Rapper meets House meets... não sei...
Cabelo Lúcia Piloto, casaco de pele da Berschka, calças Maximo Dutti, varão de cortinado serrado ao meio
Modelo: Oscar Wilde


Estilo 6: gothic emo
Casaco da darkside clothing, lenço da smart punk
Modelo: Edgar Alan Poe

Estilo 7: groupie dos moonspell

Tatuagem cat type spelling e outras decalcadas de capas dos Iron Maiden
Roupa preta lavada com gel roupa preta blancotex (continente online por 5,01€ a embalagem com 33 unidoses)
Modelo José Luís Peixoto

12 comentários:

Silvia disse...

pessoalmente, interessam me encardidos. ah, barba sempre.

sílvia
(comentei e fui a primeira ;))

Laranja disse...

Ahahahah!! Espectacular.
E agora vai lá corrigir essa do "cerrado" ;)

Anónimo disse...

ahahahahahahah só tu

clara disse...

O Tolan e' o maior!!!!
Adorei este post!

Inês disse...

Em boa verdade o look interessa pouco para estas coisas da escrita, não é? E como o look não conta assim tanto, o Peixoto e o Rodrigues dos Santos estariam excluídos à partida, ou estou enganada, Tolan? :)

Maat disse...

adorei o estilo 3, padrinho de casamento na quinta da meta dos leitões. genial! mas lá está, como o próprio exemplo, não me parece que transmita muita qualidade de escrita. cheira um bocado a livros fluorescentes que se vende em supermercados.
também gostei do groupie dos moonspell (eu própria uma :) ), apesar de aquilo parecer um bocado emo demais, mas sem a pinta do poe.
acho que devias ficar-te pelo formal de casamento, que no fundo é uma camisa básica branca, que dá sempre aquela sensação de formalidade, mas não excessiva, pois não tem gravata, ou então o estilo hipster, ao bom estilo do dostoievski.
o estilo vagabundo é engraçado, mas não me parece que tu, um consultor, te fosses adaptar muito bem, exigiria algum esforço da tua parte, em termos de higiene e isso.

Sofia P. disse...

Massimo Dutti... focus!

Rita F. disse...

Eu voto no Edgar Allan. Acho que é o mais giro.

Anónimo disse...

Edgar Allan!

Maria disse...

Medo!!

Anacriontico disse...

Porra Tolan, ía caindo da cadeira abaixo a rir com aquela do varão do cortinado serrado ao meio. Super!

Efémera disse...

Que entrada fabulosa. Quer o cabelo à Lúcia Piloto do Oscar Wilde ou o casamento formal do Lobo Antunes. O que eu me ri!