segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

os meus discos preferidos não interessam a ninguém: #26 The Doors LA Woman (1971)


The final album with Jim Morrison in the lineup is by far their most blues-oriented, and the singer's poetic ardor is undiminished, though his voice sounds increasingly worn and craggy on some numbers. Actually, some of the straight blues items sound kind of turgid, but that's more than made up for by several cuts that rate among their finest and most disturbing work. - AMG

5 comentários:

Viaggio Mondo - assessoria comunicação disse...

Olá!

Seu blog é muito bom, adorei!

Quero aproveitar para te convidar a conhecer meu blog também e participar da Promoção 1001 Seguidores. Como prêmio você pode levar para casa uma das agendas 2011 recheadas de fotos dos mais de 40 países que visitei! Se quiser, traga também seus amigos e leitores! :D

Aguardo você! :)

Bjos!

pedro b disse...

(rai da zanta stó!)
gosto bem...

masquediabo disse...

Gosto muito desse álbum, e deu o melhor concerto que vi na vida, no Pavilhão atlântico...

Vita C disse...

Ganhei esse album a uns turistas que, ainda no tempo dos escudos, não conseguiam ir do Campo Grande ao aeroporto a tempo de apanhar avião. Dei-lhes 500 escudos (uma fortuna!) e eles como prova de boa vontade, deram-me este CD. Ser simpática às vezes compensa :)

a. disse...

tão mas tão grande esta música.