terça-feira, 14 de dezembro de 2010

blogos de ouro

A propósito dos prémios dos blogs e essas coisas, eu só tenho a dizer que me faz muita, muita confusão ver a tentativa de exportar para o mundo dos blogs (ou importar?) as mesmas referências, hierarquias e formas de estar que se vêem no mundo velho, nomeadamente, o das estações de televisão com concursos com votação por sms ou nas colunas de opinião dos jornais em que as pessoas têm opiniões sólidas e baças com uma dignidade a toda a prova. É bem mais fácil para o velho mundo, no seu desejo de sobrevivência e de se interligar com uma coisa fixe como isso das modernas redes sociais, quando esta aparenta não só falar a sua linguagem mas quando também lhe presta a vassalagem dos agradecidos. Este pequeno desabafo bem que podia passar sem o cliché do "em Portugal [inserir característica sociológica de cariz provinciano]" mas não passa.

6 comentários:

binary solo disse...

clap clap clap

aplaudo de pé. isto dos blogues tem um potencial que ainda muito pouco foi aproveitado.

Pilar disse...

o combate de blogs é um programa de televisão.

Vegan Wolf disse...

acho essa cena dos blogues de ouro uma palhaçada.
uma doença (herdada) contagiante do "antigamente".

porque raio é que sentem a necessidade de classificar uns melhores que os outros?
não basta já a estatística, ainda tem de enaltecer os egos publicamente?

palhaçada egocentrica, isso sim.

ême disse...

muito bem.

André C. disse...

Inteiramente de acordo. Confesso que desconhecia por completo que a atribuição de prémios de blogs tinha sido "teletransportada". Estou aqui parvinho da vida com tal informação.

Prezado disse...

A parte que eu acho interessante é repetirem o padrão de todos os media portugueses, agora com os blogs: em vez de abrir o leque de opiniões com sangue novo, as opiniões repetem-se novamente. E nem vi bem a lista - vou dar-me ao erro - mas aposto que devem ser quase todos de Lisboa.