sábado, 27 de novembro de 2010

consgio!

Bebi uns copos, este post está escrito sob influência de 4 cervejas, um jarrinho de sake quente no aya e 5 Tom Collins que levam gin, limão, hortelã e uma cena qualquer. O post é apenas uma experiência científa. Destina-se a perceber se eu quando bebo uns copos fico pio.r condutor. Eu tendo a achar a que não e já tive esta discussão com pessoas de devero valor. O que lhes idogo sempre é que sim, eu consigo escrever em qualquer tipo de estado e que elas é que não compreeendem a minjnha capacidade de escrita, e que por issso consigo também conduzir em qualquer condiçã física, mental psíquicia.

9 comentários:

Prezado disse...

Isto é um comentário feito sob a influencia de 10 imperiais. Não é nada de especial, faço posts assim a toda a hora e não sai nada de especial,. Só reparo que não presot tanta atenção à gramatica e a detalhes formais de chacha. É na boa. Mas acbo por escrever coisa que normalemtne não escreveiria.

Prezado disse...

Isto é um comentário feito sob a influencia de 10 imperiais. Não é nada de especial, faço posts assim a toda a hora e não sai nada de especial,. Só reparo que não presot tanta atenção à gramatica e a detalhes formais de chacha. É na boa. Mas acbo por escrever coisa que normalemtne não escreveiria.

carolina.simões disse...

Só o título promete... :)

A. disse...

eu já fiz um trabalho ganzada...correu bem mas foi intenso de mais não conseguia tirar os olhos do trabalho nem para ir a casa de banho...a parte boa é que o acabei mais cedo e aprendi a dizer não às drogas, só de pensar os neurónios que queimei com aquela porcaria.

Cuca disse...

hum...afinal parece que não, não consegues.

Pinkk Candy disse...

estás a ter um dia agradável hoje? :P
nunca mais bebes não é? eheheheh

Tolan disse...

oh... it hurts +_+

Isabel disse...

Não me parece que consigas... Há por aí uns erritos que demonstram falta de atenção. Talvez seja boa ideia não pegar no carro nessas alturas. Mas podes sempre escrever alcoolizado, ninguém se magoa e até nos divertimos.

Isabel disse...

Só mais uma coisinha, nunca fiz esse teste de escrever no PC, mas já fiz outro: escrever o meu nome completo à mão e no dia seguinte (só no dia seguinte, claro, porque no momento parece-me perfeito, sem alterações) ir avaliar o estado em que me encontrava. Não é bonito de se ver.
Esta manhã fiz outro. Depois de um jantar bem regado, com direito a tudo pela noite fora, e de ter dormido umas 5 horas, tentei entrar com o carro na garagem. Não correu bem. Precisava de ter dormido mais.