segunda-feira, 18 de outubro de 2010

típico post pós-queca

Assim como no liceu tínhamos aquela professora carrancuda o tempo todo e que um dia aparecia toda risonha e simpática na sala de aulas e todos dávamos cotoveladas cúmplices a comentar que "ontem é que deve ter sido eheheh", também há posts de blogs onde se percebe que no dia anterior houve brincadeira na vida da blogger. Nestes casos, normalmente, uma série de posts normais é interrompida subitamente com um post estranho e minimalista. O título do post estranho refere um destinatário críptico e uma referência privada, como "teremos sempre o cais do sodré" (foi onde me apalpaste as mamas dentro do carro) ou "não preciso dizer-te, é algo que se sabe" (gritei demais os vizinhos ouviram) ou "há coisas que palavras não nos dizem" (finalmente lá te calaste fosgass...). O corpo do post consiste numa música romântica, cena de filme, pedaço de poema ou fotografia artística, visando alimentar a ilusão que o que se passou depois de vinho a mais, ocorreu num contexto semelhante ao que vem na música, na cena de filme, no pedaço de poema ou na fotografia artística.

Exemplo de imagem que diz "já não me limpavam o pó há 1 ano, obrigado"

4 comentários:

Scarlet disse...

Épá, acho que o meu post de 6ª à noite é destes...

caracóis disse...

ahahah genial!!!
C-L

Maat disse...

Gosto :)

Prezado disse...

ahahahaa tenho lá uns quantos no tasco que correspondem a isto.