segunda-feira, 18 de outubro de 2010

solidão

A solidão é um pouco como uma pessoa inscrever-se num ginásio. Parece sempre boa ideia em teoria, depois na prática é uma coisa diferente. Colada à solidão, vem o conceito de liberdade. Sozinhos, podemos fazer o que quisermos. É com tristeza que compreendemos que isso desemboca rapidamente em maratonas de playstation e pornografia. Acende-se a televisão para ouvir um ruído de fundo de normalidade em casa e ligam-se luzes desnecessárias. Ninguém quer saber, naquele momento, se estamos de pijama às 3 da tarde, a tropeçar em garrafas de cerveja vazias, a hesitar entre ir buscar macdonalds ou aquecer mais uma pizza congelada ou se, pelo contrário, tomámos banho, fizémos a barba, um almoço saudável, fomos à rua comprar o jornal e estamos a escrever, sentados direitos na cadeira. Quando conseguimos normalidade e disciplina na solidão, ficamos orgulhosos, mas também não temos ninguém com quem partilhar o feito e rapidamente mergulhamos no desleixo. É até um pouco doentio manter rigor na solidão. O Bukowski disse "mostrem-me um homem solteiro com uma cozinha impecavelmente arrumada e limpa e eu mostro-vos alguém com qualidades espirituais detestáveis". A diferença que faz ter aquele bicharoco, num dia de chuva, enrolado em cobertores, entretido com as suas coisinhas, no sofá da sala, enquanto brincamos à solidão no escritório.

13 comentários:

Anónimo disse...

É tão mentira, isto tudo.
Eu sou solteiro, a minha cozinha está arrumada e limpa e as minhas qualidades espirituais são invejáveis

Prezado disse...

É tudo verdade, isto tudo.
Eu sou solteiro, a minha cozinha está desarrumada e suja e as minhas qualidades espirituais são inexistentes. E tenho meias-maratonas de porno.

Vegan Wolf disse...

não podia ser mais verdade.
tenho uma casa arrumada porque alguma coisa tem de ser feita para ocupar o tempo e atenuar a dita.
não acredito ter qualidades espirituais, caso contrário teria alguém com quem partilhar a minha existência, em presença fisica, na mesma.

pior é mesmo quando já te imunizaste, até um certo nivel, e deixas de a combater até chegar ao extremo.

kiss me disse...

Alto lá. Ser-se solteiro e morar sozinho não quer dizer necessariamente que haja solidão. Como ser comprometido e morar com 5 pessoas não quer dizer necessariamente sentir-se acompanhado.

Sofia. disse...

Eu acho que poucos sabem o que é isto da solidão. Ou melhor, muitos sabem o que é mas poucos a sentiram, assim, na pele: entranhado nos poros e sem capacidade para lhe fugir. A solidão, infelizmente, cria hábitos difíceis de largar.

Marta C. disse...

O que eu tenho a dizer é: Indeed...

Anónimo disse...

A solidão é um bicho difícil de domar.

Diego Armés disse...

Deixa-me ver se percebi: pizza congelada + garrafas de cerveja pelo chão + maratonas de playstation + pornografia... E estás-te a queixar? Mas... mas... mas... ?!

Anónimo disse...

Eu sou o primeiro anónimo, e a única pessoa que disse algo de jeito foi a kiss me. Porém, banal.

Anónimo disse...

Eu sou o segundo anónimo, e tal como o primeiro anónimo, disse algo de jeito, porém banal.

bree disse...

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1688181

Isto é que é solidão.

Claudia disse...

Não há vidas perfeitas. E por muito que a solidão por vezes pareça um espaço livre quando se está numa relação... acredito que uma relação por vezes pareça o espaço com sentido para vivermos em partilha quando se está sozinho...
Queremos sempre o que não temos. Mas nem sempre sabemos se o que queremos nos fará bem.

Pacica ♔ disse...

Podia ser um texto dos meus rascunhos :X mais bem escrito claro ahahah e sem barba! sim, porque a pornografia ainda é naquela...