quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O Pedro Passos Coelho vai receber hoje os presidentes dos bancos

O Pedro Passos Coelho vai receber hoje os presidentes dos bancos e o encontro realiza-se "a pedido dos banqueiros". Vão lá estar Ricardo Salgado (Banco Espírito Santo), Faria de Oliveira (Caixa Geral de Depósitos), Carlos Santos Ferreira (Millennium bcp) e Fernando Ulrich (Banco Português de Investimento). Estou a ver a cena com toda a nitidez e vocês também...

*efeito fade out em ondinhas*

- Pedro, não estás com boa cara, tens comido bem?
- Está tudo bem, obrigado, comi hoje um croquete de camarão que se calhar...
- Como está a Laurinha? E a tua esposa não é? Laura?
- Sim.
- Manda-lhe cumprimentos. Vê se descansas, pareces cansado. Tens feito um bom trabalho Pedro, gostámos muito e já quando eras candidato à liderança do PSD eu disse "este homem tem potencial para chegar longe". Não disse, Fernando? Não disse que ele tinha potencial para chegar longe?
- Disseste Ricardo.
- Estás ver Pedro? Tens potencial para chegar longe.
- Obrigado. Eu tenho uma visão muito clara do que Portugal precisa.
- Compreendo, pois, uma visão, isso, a política é um jogo complicado e... tens lume Pedro?
- Sim, aqui tem.
- Obrigado. A política é um jogo complicado, é preciso mostrar firmeza. E tu és um político firme. Não disse que ele era um político firme Carlos?
- Disseste, e nós concordámos.
- Disse pois. Sabes Pedro, eu gosto de ler provérbios na internet. Tu lês provérbios na Internet?
- O meu staff dos blogs costuma e depois imprime páginas. Eu por acaso não sou muito de ir ao internet mas às vezes vou ao Sapo para ver o tempo.
- Devias. Há umas páginas muito completas, como o brainy quotes. Hoje de manhã por acaso li este, a propósito de firmeza.. está em inglês, não há problema pois não?
- No sir!
- Muito bem: A wise unselfishness is not a surrender of yourself to the wishes of anyone, but only to the best discoverable course of action. É de David Seabury.
- É bonito.
- Mas percebeste o provérbio?
- Sim.
- Sabes o que tens a fazer?
- Acho que sim.
- Podes fazê-lo de maneira airosa, para ficares bem. Disso percebes tu. Nós não somos propriamente políticos. Esperas uns dias se calhar.
- Se calhar é melhor.
- Mas não esperes muitos. Sabes quanto é que nos custa cada ponto de juros da dívida portuguesa? Ou cada nível de rating na moodys?
- Não faço ideia, mas deve ser uma pipa.
- É Pedro. "É uma pipa". Ele diz que é "uma pipa"! Ahahah não é engraçado rapazes?
- Ahahaha!
- ahah Uma pipa... Boa Pedro. Boa... Não esperes muito.
- Está bem.
- Muito bem. Eu não disse que ele era esperto?

2 comentários:

Cuca disse...

És um génio, Tolan. Ouvi o senhor Ricardo à saída do dito encontro e tenho a certeza absoluta que tudo se passou exactamente como descreveste.

tata disse...

Opah está bom de mais, bom de mais!!!