segunda-feira, 6 de agosto de 2012

fósseis

Descobri ontem que a Plaft tem uma pancada por fósseis. Foi por acaso, íamos a passear no campo ao pé da minha casa de infância na aldeia quando eu agarrei num e lhe disse "olha, uma concha com 400 milhões de anos". Ela quase que chorou de emoção porque quando era criança queria ser "fossóloga" (discutimos o termo correcto o resto da tarde) e em Lisboa não havia fósseis. Ainda fiz uma piada sobre militantes do PCP mas ela ignorou, entrou em modo Calvin Há Tesouros Por Toda Parte. O passeio, que prometia ser romântico, contemplativo e naturalista (vi um belíssimo falcão logo no início), transformou-se numa caça ao fóssil, olhos postos no chão o tempo todo.

Tive de a levar a todos os jazigos de fósseis que eu conhecia ali na zona. Não foi complicado porque estão nos caminhos sujeitos a erosão, especialmente no topo de montes ou então na berma de campos cultivados, atirados para lá pelos agricultores quando limpam os terrenos revolvidos pelas máquinas.

Quando era puto encontrava fósseis muito grandes, sempre conchas e como não entendia a questão do mar ter coberto toda a terra, achava que eram restos de ameijoas à bulhão pato de tribos pré-históricas. Encontrámos vários e a Plaft está neste momento a passar pela fase fossóloga que deve durar cerca de uma semana.

Num manifesto excesso de confiança na amplitude de aptidões e conhecimentos dos meus leitores, queria apelar a paleontólogos, geólogos e fossólogos que nos ajudem a perceber o que encontrámos e como podemos isolá-los das pedras onde estão. Podemos usar vinagre, por exemplo, para dissolver o calcário das pedras que os envolvem?

Isto aqui é um molde de fóssil ou o próprio fóssil? E porque é que há duas camadas tão distintas de material nesta pedra


Aqui é uma conchinha pequena. Como limpar e realçar isto?


Esta está inteira, só que está enfiada numa rocha. Como tirá-la de lá?



16 comentários:

Plaft, Sílvia disse...

Mentiroso, pá. Tu é que disseste que um entendido em fósseis era um espeleólogo. E já te expliquei que "fóssil" é um termo abrangente, moldes são fósseis, bivalves pré-históricos petrificados são fósseis, fósseis, fósseis, adoro fósseis, FÓSSEIS!!!

Tolan disse...

disse espeleólogo porque os espeleólogos descobrem fósseis nas grutas e...

-_- *suspiro*

fósseis, sim, muitos fósseis, um saco cheio deles... espalhados na mesa da sala... no lavatório... no balcão da cozinha... na banheira...

O Quinto dos Infernos paga-se em euros ou em dez'cuidos? disse...

diz-se paleontólogo ou mário cachólogo

para tirar broca de dentista ou uma black and decker com ajustável de 0,2 mm de diâmetro na ponta

em arternativa pincelar com ácido clorídrico é só vomitar
ou vinagre

dissolve-se tamém a bicha que duvido que tenha 400 milhões de anos numa matriz de calcáRio mas en fim

e em lisboa o que há mais são fósseis desde o areeiro a fanhões tá tudo cheio

em baixo e em cima

preço da consulta 6 bit con's

O Quinto dos Infernos paga-se em euros ou em dez'cuidos? disse...

a 2ª ébem bisíbel é vulgar pode ser de qualquer período

o 1ºé um Composite molde of a right valve? showing the concentric threads uniformimente spaced? nã há deformação visível logo nenhum terá mais que 150 mega

de terrenos do secundário ou de bacias terciárias ça depende

donde é que veio isso...

tem braquiópodes associados?

o 1º vê-se pessimamente

o facto fato ftum de tar duas kamadas diversas é porque são 2 períodos de sedimentação diferente

suspiro é -_-? bolas u kagente aprende

Tolan disse...

O QUE TU FOSTE FAZER!!!! Para que foste dizer que havia fósseis do areeiro a fanhões :(((!?!?

agora a Plaft vai obrigar-me a andar pelos túneis do metro da linha verde com um picareta e uma lanterna e... :(

Tolan disse...

Isto veio de caminhos nos montes de uma zona 12km a sul de torres vedras, para os lados de sobral de monte agraço.

não sei o que são braquiópodes associados, mas suspeito que não há disso.

The Mother of Mothra of ALL Bubbles disse...

são bivalves como esses bivalves mas mais primitivos tem uma valva ou concha maior que a outra

essa aí parece ter as duas valvas ou conchas iguais

se é de torres vedras é de matacães ou de turcifal?

a sul deve ser turcifal

matacães é a norte...

The Mother of Mothra of ALL Bubbles disse...

aí são terrenos do terciário mas isso tem calcário provavelmente foi arrastado dos carsos...

carsos são formações como os corsos de torres veteras...

tive a infelicidade de trabalhar no plano directore municipalis da gaija pelo que é difícil dizer

é uma salganhada de terrenos que vai do cretácico de torres vedras

ao jurássico inferior
e areias e cascalheiras mais recentes

o mais antigo com cento e tal milhões de anos está a norte

logo isso teria em princípio menos de 100 milhões de anos

por outro lado pode ser que seja das camadas da abadia

sobral de monte agraço nã tou a ver
pra que lado fica

mas isso tem umas dezenas de milhões de anos no mínimo

Plaft, Sílvia disse...

Dezenas de milhões de anos... :')

Afinal afoga-se em vinagre ou não?! Não queremos dissolver a bicha... -_-

Dissolve não... disse...

é preciso jeito para tirar o fóssil da matriz e muitas vezes não se consegue

e é pincelar não é mergulhar
e demora dias

só se faz para fósseis perfeitinhos com boas mineralizações

por fractura arrisca-se a destruir o bicho

em fanhões há muito disso e fósseis de amonites na terra lavrada é preciso é ter cuidado com os cães
e com os donos das terras com caçadeira

todas as praias da linha têm também afloramentos com fósseis
da praia das maçãs a são pedro de moel encontra-se de tudo

há blogs disso aí por exemplo há uma a separar e raspar com uma faca de cozinha

http://geopedrados.blogspot.pt/2007/09/fossil-challenge-fotos-em-s-pedro-de.html


resumindo é preciso muita paciência

esses fósseis em particular têm grande distribuição temporal logo será difícil datá-los

o 2º continua existindo na actualidade

o 3º idem de resto o 3º cimentou juntamente com a matriz calcária envolvente logo separá-la só vendo

mas não me parece fácil...
mas não é impossível

O Quinto dos Infernos paga-se em euros ou em dez'cuidos? disse...

resumindo o 1º parece ser um moldezinho e vários fragmentos na base o facto de ter cor diferente deve-se a ter menos calcário e ser mais margoso há argila na matriz...
provavelmente fossilizou numa zona de estuário

a 2 é um veneridae um lamelibrânquio da famelga da ameijoa

o 3 sub-classe lamellibranchia famíla...pois

é dificilis

a dimensão é importante
deve-se fazer uma escala quando se fotografa

um traço com os centímetros uma moeda ao lado

mas são fósseis comuns não há nenhum espectacular ou que se identifique com os ex-tintus

até pruque são todos brancos

foto de lamellibranchia anexa

Torres veteras há cerca de 80 milhões de anos
Cretácico Superior
é igualzinha às de hoje...

Tolan disse...

É a 12 km a sul de Torres Vedras sim. Portanto, isso de encontrar um fóssil mais jeitoso depende da zona em que se procura. Eu ali naquela zona o máximo que encontrei foi uma espécie de ameijoas gigantes. Já agora, a Plaft, depois de muita limpeza, descobriu que aquela amálgama do 1º fóssil (foto no topo) é constituída por muitos fósseis agregados uns aos outros.

O Quinto dos Infernos paga-se em euros ou em dez'cuidos? disse...

sim e tem um molde no topo ou tinha...
o resto...só os fósseis sabem geralmente já lhes gamaram a carteira

a 12 kilómetros a sul pode ser muita coisa a sudoeste a sudeste
a sul em linha recta...foi à superfície

tinha linhas de água perto?

de qualquer modo toda aquela zona

vai do jurássico inferior 145 milhões ao cretácico superior 65 milhões com uns retalhos mais novinhos pelo meio...

as rochas em redor eram calcárias

ou só havia areia?

isso indica se era um fóssil in situ
ou se foi transportado pela água ou por um camião das escombreiras

na zona de fanhões e de são pedro de moel há muitos fósseis catitas

que nem é preciso limpá-los

nas feiras de fósseis também...

na rua da escola politécnica faziam uma todos os anos

os mais baratos são os marroquinos e os fósseis falsificados em gesso...

Tolan disse...

ahahahaahah :D

é uma zona de rochas calcárias e terra (vinhas, pomares etc.) Não tem cursos de água por perto e encontram-se no topo de pequenos montes arredondados muito bonitos, daqueles que os fósseis gostam :)

O Quinto dos Infernos paga-se em euros ou em dez'cuidos? disse...

ok é uma zona de carsos...ou maciços calcários dissolvidos pela chuva

logo é das orlas mesocenozóicas cá do burgo

as da zona são principalmente jurássicas e cretácicas mas os lamelibrânquios são bicharocos muy antigos

eu cá não tentava tirá-lo dá muito trabalho mas cada um com suas manias

o tolan não foi prá siderurgia?
até do aço os chineses fazem ursos de peluche...

dantes nã era outra coisa qualquer?

margas disse...

Quem está a 12Km de Torres também se desloca um bocadinho e vai até à Lourinhã...! O verdadeira paraíso dos fosséis e dinossauros, tem um museu mesmo na Lourinhã e a Praia da Areia Branca tem arribas cheias disso...Vá venham até cá que eu dou guarida!