terça-feira, 27 de março de 2012

complexo do pénis

Bem, chega de falar no BILF e não sei quê, às tantas até parece que estou a levar o concurso a sério e que é importante para o meu ego. Por isso, hoje quero falar num problema que afecta alguns homens e que me afecta a mim também: o complexo do pénis. Tenho um complexo a propósito do meu pénis.

É muito grande. Grande demais. Quando era adolescente tinha algum orgulho nisso apesar de ter sempre sido um rapaz humilde (não foi agora de repente que comecei a ser assim humilde…). O problema é que a palavra se espalhou e sem saber como, tinha sempre todas as raparigas atrás de mim. E eu, ingénuo, pensava que se devia à minha personalidade, à minha sensibilidade e sentido de humor. Tudo o que queriam era experimentá-lo e confirmar os boatos e as frases escritas nas portas de casas de banho de mulheres.
Quando o viam diziam “posso tocar-lhe?” e estendiam as mãos trémulas ou tornavam-se religiosas: “meu Deus…”, “Jesus…”, “Minha Nossa Senhora”… Deixavam de olhar para mim, eu deixava de existir, era aquilo e só aquilo, ficavam como que hipnotizadas. Claro que sentiam algum desconforto e medo, a princípio, mas eu conseguia ser meigo, com a experiência percebi que tinha de ir com calma ou alguém podia magoar-se.
Mudei de cidade algumas vezes mas rapidamente a palavra se espalhava de novo. Se eu queria conversar, ouvi-las, levá-las a passear, ao cinema, elas só queriam mesmo aquilo e mais nada, às tantas começavam a comportar-se como toxicodependentes em ressaca (uma das minhas alcunhas secretas era “Cavalo”) e a meio de uma conversa sobre Kierkegaard ou Radiohead gritavam de repente “dá-mo! dá-mo já!” e eu tinha de o dar uma e outra e outra vez e outra e outra vez. Para combater a exaustão das constantes solicitações recorria a pau de cabinda, fornecido por amigos africanos que padeciam do mesmo problema e que me aceitavam na sua comunidade como um igual, com quem podiam até desabafar.
De cada vez que recebo spam com “enlarge your penis” no subject, sinto uma alfinetada na minha auto-estima, parece maldade do destino, uma anedota cruel... E é por isso que entre mim e a Plaft, Sílvia existe amor verdadeiro. Ela não sabia de nada, pobrezinha, apaixonou-se pelas cartas, pelo sentido de humor, pela a alma sensível que vocês tão bem conhecem. A única coisa que comentou na nossa primeira noite, para aliviar o meu medo que me passasse apenas a ver como um objecto sexual ao seu dispôr, foi um singelo "jackpot!". Somente isso.

E pronto. Desabafei, num assomo de humildade e resignação, caso houvesse dúvidas a respeito do meu carácter e da minha vontade ou falta dela para ganhar concursos idiotas como o BILF cuja votação decorre até sexta feira que vem.

23 comentários:

Gija disse...

Muito bom, caro Tolan, agora até fiquei arrependida de ter votado no Bom Sacana!!!

trollofthenorth disse...

"Um engravatado chega à beira do rio, olha para um pescador que se encontra ali perto e pergunta: -Esta zona do rio dá muito peixe-? O pescador olha-o de lado e responde: -Dá sim senhor! Hoje já pesquei 3 kg de muge, 2kg de carpa e 3kg de truta. O engravatado pergunta exaltado: O senhor sabe com quem está a falar? -Não senhor!- Responde o pescador. O engravatado responde: -Sou inspector das pescas e o senhor está preso por crimes contra o meio-ambiente. O pescador pergunta tranquilamente: -E o senhor sabe com quem está a falar? -Não! Respondeu o engravatado. O pescador levanta-se, encara o inspector e diz: -Eu sou o maior mentiroso que existe por estas bandas".

Tolan disse...

Ok, admito que exagerei um bocado na parte de ainda ter um complexo sobre isso... -_-

disse...

bom Tolan, lê isto or die http://www.amazon.com/Live-Huge-Penis-Richard-Jacob/dp/1594743061/ref=pd_sim_b_3#reader_1594743061
podes ler só o prefácio, não precisas de comprar o livro

Tolan disse...

Finalmente informação útil, obrigado Zé, é bom saber que mais pessoas partilham esta condição.

Johnny Guitar disse...

More pricks than kicks.

trollofthenorth disse...

Muito bom.
Da próxima vez que alguém escrever OMG, (Oversized Male Genitalia), vou rir-me positivamente.

POC disse...

É bom saber que existem mais como eu. Não estamos sós.

kiss me disse...

Nada a ver com o post mas vi isto e lembrei-me de uma conversa passada.

http://www.portoeditora.pt/imprensa/index/detalhe/noticia/o_outro_amor_da_vida_dele

No FB da porto editora é só mulheres a dizer que a capa é linda :)))

Fábia disse...

Tolan,
És baixinho ??

Sãozinha disse...

O Tolan é superior a um simples pénis.

Plaft, Sílvia disse...

A um simples, a um extra e mesmo a um especial com molho de francesinha.

Tolan disse...

Ohhhh baby <3

mas isso quer dizer que vou mesmo ter de usar o molho de francesinha de novo? Arde muito :( Além disso já só temos 2 litros de molho, não chega...

O Autor disse...

Vocês podem parar com esta merda os dois? Já me lixaram o BILF 2012 e acicataram as fãs do vote-deletecookie-refresh-vote-deletecookie-refresh contra nós. Não chega!?

Tolan disse...

:( estúpido.

Eu estou a esforçar-me a sério para ganhar a merda do teu concurso e a seguir as ordens do teu departamento de marketing. E não fales nesse tom com a Plafty -_-

Anónimo disse...

Não ganhas o Bilf, nem ficas em segundo, e a continuar assim não ganhas a champions, nem ficas em segundo no campeonato.

Anónimo disse...

Ó anónimo, que Deus o proteja de tanto rancor!

Anónimo disse...

A santa trindade esquizofrénica...

A Chata disse...

Caixa de comentários fantástica...

anouc disse...

Patife, is that you?!? :o

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Tu não existes...

Girl Afraid disse...

Tolan, com este post pareces o Benfica. Agora interpreta isto da maneira que quiseres...

Rosa Cueca disse...

Não subestimes o efeito que as palavras "pénis" e "grande" podem ter numa mulher.