sábado, 9 de julho de 2011

o antitaxista

No CERN procuram a antimatéria. Eu ontem descobri alguma na forma de antitaxista. Foi a caminho do bairro alto, com um amigo. Parecia um taxista normal, tinha uma pulseirinha de ouro, t-shirt coçada, cabelo um bocado comprido e penteado para trás. Até que largou num anti-monólogo, com a techno da Orbital em pano de fundo

Com o Salazar é que era... uma pobreza, miséria... que filho da puta aquele Salazar, havia era de ter morrido logo à nascença. Isto era só analfabetos e eles queriam assim tá a ver? "Assine aí! Ai não sabe escrever? Ponha só o dedo, tá bom assim". Que miséria. E ainda há pessoas que "ai o Salazar!" foda-se, até me faz confusão (...) E depois metem os pretos todos ao molho a viver em sítios horríveis, a polícia nem entra lá tá a ver? Estão à espera de quê?  (...) E é por isso que para mim desde o Eça que não há um escritor português de jeito, daqueles mesmo bons, e depois você vê as críticas é tudo corrido a 4 e 5 estrelas, foda-se, parece um país de analfabetos (...) E agora é as agências de rating ó caralho, tá tudo entretido a cascar nas agências de rating e esqueceu-se tudo que tamos endividados e que a europa não consegue resolver o problema da grécia mas é melhor desviar as atenções e dar muita importância a isso, parece coisa de Salazar: "eles é que são maus lá fora, nós temos de nos unir todos" etc. Têm é de investigar os conflitos de interesse na estrutura accionista dessas agências, mas isso da guerra euro-dólar é uma tanga porque nem a China nem os EUA ganham seja o que for se o euro for abaixo, pelo contrário (...) E querem criar uma agência europeia, pública, como se as avaliações dela tivessem credibilidade assim por magia, é do caralho, o Salazar havia de achar muito boa ideia (...) E hoje foi o último voo do vaivém Atlantis, por acaso tenho pena porque isto significa que agora isso de ir a Marte fica muito adiado e se calhar já nem vivo para ver isso, é uma pena. (...)

Saímos do táxi convictos que se aquele taxista comete o infortúnio de se aproximar demais de um colega, pode ocorrer uma mega-explosão capaz de arrasar boa parte da Península Ibérica.

4 comentários:

Vegan Wolf disse...

tens certeza que por momentos não passaste por uma rua noutra dimensão?

disse...

É a crise, o Nuno Rogeiro a fazer uns fretes com o carro do primo.

Dani disse...

Todas as minhas viagens de táxi são sempre uma animação graças aos famosos monólogos taxistas! Mas o certo é que nunca me deparei com um taxista como esse!

Pedro M. Fonseca disse...

Um taxista que pensa é uma luz de esperança para a humanidade. Que se seguirá, um filósofo na presidência do benfica?