segunda-feira, 25 de abril de 2011

Vivam os dias

25 de Abril, sempre!, dizem os murais e cartazes, sugerindo que o 25 de Abril é uma espécie de Dia da Marmota dos comunistas.
As pessoas gostam do 25 de Abril quando não calha num fim de semana. Antes do 25 de Abril de 1974 não se podia festejar o 25 de Abril porque não deixavam e agora já deixam. Por isso lhe passaram a chamar Dia da Liberdade também. Toda gente gosta de o festejar menos um taxista que eu apanhei no outro dia e o Cavaco Silva porque há cravos por todo lado. Ele é alérgico a pólen e, nas cerimónias protocolares, fica com as trombas descaídas e anestesiadas dos antiestamínicos . O dia preferido de Cavaco Silva é um dia que é o Dia da Raça, o 10 de Junho. Depois do 25 de Abril de 1974, 'Dia da Raça' caiu em desuso para as pessoas com a mania que aderem à modas novas e aos iPods e isso e passou a chamar-se 'Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas'.
Estão sempre a inventar dias novos e como começa a faltar espaço no calendário, têm de fazer estes concentrados. Não se admirem que apareça o 'Dia de Portugal, de Camões, das Comunidades Portuguesas, do Pão de Ló e do Relógio Digital'. Às vezes a culpa do calendário sobrecarregado não é nossa, portugueses, mas sim dos estrangeiros que estão sempre a criar dias mundiais e depois temos de os festejar, mesmo que sejam coisas más, como o Dia Mundial da Sida (1 Dezembro) ou o Dia Mundial da Televisão (21 de Novembro).
O Dia Mundial da Sida calha no mesmo dia que o Dia da Restauração da Independência em Portugal, o que é bastante embaraçoso e causa frequentes encontros entre marchas militares e paradas de sidosos a festejar (sabe-se lá o quê) na baixa de Lisboa.
Os nossos representantes ainda protestaram com o estrangeiro homossexual que achou por bem marcar o Dia da Sida para esta data porque lhe dava jeito um feriado naquele ano para ir para Mikonos com o Freddy Mercury, 'Oh Doutor, veja lá isso, não pode ser antes a 2 ou 3 de Dezembro?' Mas não podiam, porque 2 de Dezembro é o Dia Internacional de Abolição da Escravatura e o 3 é o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. Tinha piada que metessem o Dia Internacional da Abolição da Escravatura a 10 de Junho, no Dia Da Raça, só para confundir o Cavaco.
Eu não ligo muito ao 25 de Abril, mas amanhã é o meu dia preferido do ano, é o Dia Mundial da Propriedade Intelectual. Gosto muito do conceito de Propriedade Intelectual, uma pessoa pode ser pobre e o banco não lhe emprestar dinheiro nem nada, mas pode ir à Remax comprar Propriedades Intelectuais, muito baratinhas. Pode ser latifundiária intelectual. Os comunistas são contra a propriedade intelectual também e não gostam nada desse dia.

3 comentários:

€%$@ disse...

O problema é a desvalorização da propriedade intelectual :( Anda pelas ruas da amargura. E encontrou lá Cavaco Silva, a planear o seu não discurso.

hierra disse...

A propriedade intelectual, não tarda, é tudo o que nos resta :) é preciso por isso fazer por ela!

Isabel disse...

Esses dias de "coisas más" não são para festejar, são apenas para assinalar (as coisas más).