sexta-feira, 22 de abril de 2011

devíamos ter uma selecção capaz de ser campeã do mundo

Neste artigo da BCC e em quase toda a imprensa desportiva internacional, os grandes responsáveis pela vitória do Real sobre o Barça na Copa del Rey são portugueses: Cristiano Ronaldo e Mourinho, à cabeça, evidentemente, mas depois Pepe (que Mourinho pôs a médio defensivo anulando Messi) e Ricardo Carvalho, uma parede. Em inglaterra, Raúl Meireles foi eleito PFA's Fans Players of the Year e, pelo menos em Fevereiro, foi eleito o melhor jogador da liga inglesa pela Association of Professional English Football. A propósito de Nani, os fãs do Manchester United dizem que é o Ronaldo II, exageram um pouco, no entanto, é a par de Rooney, a grande figura da equipa e também ganou o PFA Young Player of the Year award. Fábio Coentrão fez parte do 11 ideal do último Mundial etc.

5 comentários:

Andorinha disse...

Tolan, what else is new??

Dona Laura disse...

E porque não temos? Pelo mesmo motivo que Portugal está na actual situação econímica e financeira e que, por mais renovações de governo que existam, nunca saimos da cêpa torta. Não temos um maestro capaz de colocar todos os músicos a tocar no mesmo tom, os interesses pessoais estão sempre num plano superior.

hierra disse...

E tÊm razão se há coisa em que somos bons é no futebol!!!

luis m disse...

Nós até teríamos uma selecção capaz. Mas há falta de coesão. Há falta de espírito de sacríficio. Parecem só um monte de jogadores muito bons que se encontraram para dar uns toques. A Espanha não. Jogam como uma equipa a sério. Também a Holanda joga. A Alemanha. São verdadeiras equipas unidas com identidade. De resto, penso que, da forma como estamos a evoluir, podemos rivalizar com todas as selecções em jogos a doer.

Anónimo disse...

carlos queiroz.

este nome diz-te alguma coisa?