terça-feira, 15 de março de 2011

o facebook disablou a minha aconta

Paciência. Não vou recomeçar tudo do zero. Era fixe porque parte da interactividade, comentários e rambóia ocorria lá. E gosto de ter os meus fãs unidos e manejáveis, porque pode ser preciso resolver o deficit do governo ou expatriar o José Luís Peixoto à custa de likes, muitos likes. Podemos resolver tudo se fizermos muitos likes.

Mas as políticas do facebook são as deles e dizem explicitamente essa questão de não poder usar heterónimos, avatares, alcunhas. Eu não sabia.

De resto, para mim não serve a misturada do profissional com o pessoal e le artistique. E acho estranho essa coisa de definir privacidades para pessoas que estão na nossa rede porque quisemos ou deixámos estar. Percebo, só acho que é um exercício que me cansa demais, pensar em que categoria arrumo pessoas e as respectivas implicações. O que é certo é que a partir do momento em que os chefes começaram a entrar em barda no facebook e passaram a exibir as suas fotos de tanga na praia do Ancão (e a fazer likes às vossas fotos em bikini) foi o primeiro passo em direcção ao fim. Há chefões que são de tal modo "censurados" pelos colaboradores amigos no facebook que devem ter a opinião que os seus subordinados têm vidas miseráveis e chatas onde não se passa nada. Mas se para os chefes é fácil, já se torna mais complicado distinguir amigos de menos amigos de menos amigos etc.

Atenção facebook, vou-te dar esta dica, eu sou especialista nisto, digo-te já que um dia podes perder tudo se aparecer uma rede que permita graus de liberdade ilimitados, uma espécie de world of warcraft meets facebook, mas bem feita. Não é que não tenham tentado...

13 comentários:

Apple disse...

Estou-me a sentir uma stalker. E com essa conversa toda de fb mais aquilo da aranha fiquei com uma grande vontade de ver a tua cara. imagino-te um yuppie todo sexy com aquelas mochilas xpto para o portátil mais papelada importante. todo emproadito.

Isis disse...

Inicialmente, pensava que o facebook, servia para falarmos com amigos ou familiares, desde os que se encontram mais longe até aos que estão próximos. Depois percebi (fez-se luz!) que existem perfis de tudo e para todos os gostos! Que há pessoas que coleccionam "gente" e que me pedem amizade pessoas que não conheço de parte nenhuma.Like? :)

Lia disse...

Ooh!

marta morais disse...

Bolas, tu eras o único dos meus 162 amigos (para além de 40 que são instituições e não pessoas) que eu não conheço de lado nenhum... e agora perdi-te...

Anónimo disse...

=(

Não tens hi5?

Patrícia

Anónimo disse...

Ó, o Fb é mau...
Gostava de ter o Tolan por lá! Agora quem me vai mandar dormir?

Beijinhos grandes, sr. escritor.
Encontramo-nos por aqui.

B.

Anónimo disse...

Hã???!!!!!...
Bolas!...

J

Rita Maria disse...

Porque é que nao tens antes uma página? Ninguém te via e podias fazer tudo na mesma decidindo em cada momento se és o Tolan ou o Hugo Leandro...

rosaamarela disse...

Desde sempre me pareceu que o face não era coisa boa!!!

Amigos, poucos mt poucos, alguem me perguntou "só tens aqueles amigos ?" e eu respondi: e tu tens mais ???

Anita vai à Tasca disse...

Hugo Leandro????!!!!! Ahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahahahahahaha .... Desculpa...Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

o anão gigante disse...

Devem estar em limpezas. Também fui de barco e nem ao Ancão cheguei. Para que saibas, agora é a Deserta.

Tolan disse...

Tens razão Rita Maria, eu até tinha a página mas estava associada o profile do Tolan, ontem explicaram-me que a posso ter de forma anónima. É o que vou fazer, embora a interacção esteja sempre mais limitada.

Isto, pelo menos, enquanto os meus leitores não forem todos jogadores de ps3 online, era bem mais giro estarmos a dar tiros uns nos outros e a fazer corridas de carrinhos e falar por voz.

Rita Maria disse...

Eu se fosse Counter Strike alinhava. Por outro lado, com esse teu séquito novo, nao sei.