terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

loucura

Ontem vi um excelente documentário sobre o LSD e as drogas psicadélicas. As drogas psicadélicas foram um produto da ciência e eram usadas em investigação, foram proibidas durante 50 anos e agora voltam a ser consideradas importantes para investigação nas áreas das psicoses e esquizofrenias. Um efeito curioso que têm é o de desligar as capacidades associativas do cérebro.

Uma pessoa sob efeito de drogas psicadélicas, ou um esquizofrénico, tem menos capacidades associativas e, como tal tem uma sensação de novidade permanentemente, aquela que nós, no nosso estado lúcido, reservamos apenas para coisas verdadeiramente novas. Isto está sem dúvida associado ao agradável efeito das drogas psicadélicas.

Um teste de esquizofrenia é o teste da máscara côncava. Uma máscara pode estar virada para nós ou virada "de costas". Somos normalmente incapazes de distinguir uma imagem da outra devido à ilusão de óptica e ao facto de já estarmos à espera que máscara esteja virada para nós, uma vez que representa uma cara e as caras não são côncavas.

Um esquizofrénico, no entanto, não terá esta associação e não é enganado pela ilusão de óptica. Ele vê o que lá está: uma máscara côncava. As pessoas saudáveis, apesar de saberem que a máscara é côncava, são incapazes de ver a concavidade. Há um momento deste vídeo em que a concavidade parece mesmo ter volume e nos engana, parece mesmo inverter o sentido de rotação. Se pelo contrário vêm-na sempre côncava, bem, é melhor consultarem ajuda profissional. Pensem bem antes de ver o video.

10 comentários:

Tulipa Negra disse...

É sempe bom descobrir que não sou esquizofrénica. :)

kiss me disse...

Ufa, estou safa.

Pólo Norte disse...

Chamaste?

Tolan disse...

Tragam o colete de forças! A paciente #422 soltou-se!

Cuca disse...

que alívio...

Tolan disse...

Não quer dizer nada, o teste. Vocês são todas malucas.

Tulipa Negra disse...

Eu sou maluca mas não sou esquizofrénica! Isso é que é importante.

Isabel disse...

Agora não tenho tempo para ver o vídeo (ou medo de enfrentar a realidade?).

I. disse...

Estou tão aliviadinha.

Popper, the sailor man disse...

Ah, que alivio, as vozes tinham uma explicaçao cientifica