terça-feira, 21 de dezembro de 2010

o tamanho importa

Um dos vectores de educação da minha namorada tem sido a utilização da Internet e é o cabo dos trabalhos para lhe tirar os preconceitos que tem. Não a consigo conhecer e ainda não percebi se ela é uma pessoa interessante. Só sei que é parecida com a Alyx Vance do Half Life 2, mas também tem coisas da Nina Williams do Tekken, o que lhe facilita o trabalho como hospedeira e promotora em eventos. Infelizmente nenhuma mulher consegue ser igual à Lara Croft do primeiro Tomb Raider para a PS2, mesmo com as imperfeições poligonais todas no sítio certo.
Tenho muitas dificuldades em compreender se uma pessoa humana que não tem blogue é interesssante. O blogue permite-me rapidamente tirar o perfil e descobrir falhas que impedem uma saudável relação, assim como listar as qualidades no excel da grelha de avaliação. Ontem enquanto jantávamos no Chimarrão - que ela inexplicavelmente adora - ao lado de uma mesa com o jantar de Natal dos funcionários do que me pareceu ser uma sucursal do BPN tal era a melancolia e sofreguidão em beber, fui tentando passar a mensagem.
- Princesa (ela gosta que lhe chame Princesa) tu não achas que se calhar a ideia que fazes da internet é um pouco exagerada?
- Grffm grffm nham schlep… hmm?
- Pergunto-te se não achas que a ideia que fazes da Internet é exagerada. Aquilo de ficares sem um rim só por leres os comentários do Público online era uma piada sabes?
- Yeah right…
- A sério. Bolas. E sabes o que é um blogue? Já ouviste falar em blogues?
- O doce?
- Qual doce?
- Não há um doce com esse nome? Conventual?
- Acho que não querida. Os blogues são tipo páginas feitas por pessoas, escrevem, estilo diário, depois há visitas e comentários... o que é que tu achavas de um gajo que tivesse um blogue assim com tipo 600 visitas por dia... hein? A maior parte tem muito menos visitas... um gajo que tivesse um blogue com 600 visitas diárias já era....
- Não faço a menor ideia do que seja isso de que falas.
- Nunca ouviste falar No Meu Pipi?
- Não! Que raio de pergunta bebé ih ih ih. Desculpa lá, mas o teu “pipi” é normalzinho, porque haviam de falar nele?
- Normalzinho? O que queres dizer com normalzinho?
- Nada bebé. Não é grande nem demasiado pequeno… Come vá.
*silêncio*
- “Demasiado pequeno”? Não podias dizer não é demasiado grande nem pequeno? É que a média do intervalo seria para o médio grande. O ponto médio do intervalo que disseste está no médio pequeno.
- Bebé, não vamos discutir outra vez, já bastou a história do Impersonismo Alemão ontem. O tamanho não importa, a sério. Além disso, quando é grande demais é desconfortável. O teu está bem assim.
- Como é que sabes? Como é que sabes que é desconfortável quando é grande demais?
*silêncio*
- Contaram-me, a Roberta da recepção contou-me.

16 comentários:

B. disse...

As mulheres partilham muito!
Há sempre alguém que conta a alguém...

Pilar disse...

inteligentíssima como se pode comprovar pela última frase e pelo facto de não ter blog. não ter blog é pós-moderno.

Andorinha disse...

Mas é claro que o tamanho importa, e é óbvio que demasiado grande é desconfortável e nenhuma de nós gosta a não ser que tenha um túnel muito elástico.
Estou viciada nestas histórias da tua nova namorada, por favor, continua. Eu tenho uma amiga como ela, que não usa a internet pra nada, agora vê um email de vez em quando e tal... Ontem perguntou-me o que é que eu achava de ela comprar um iPhone nokia. Ia-me dando uma coisinha má...é que eu prometi ajudá-la a parametrizar o iPhone... bad idea...

I. disse...

Fazem um lindo casalinho. Lindo. Amo-vos, e dão-me a esperança de que no mundo há coisas bonitas para pessoas bonitas.

Madalena disse...

Guarda bem essa Princesa que ela é preciosa.

Muahahahaahahaha...o que eu me tenho rido c estas historias ;)

mt disse...

em teoria sim, na prática, por acaso, nem por isso.

Miss Complicações disse...

Podem passar milhares de anos que a questão do tamnho é sempre será o que assombra os homens. Se vocês soubessemmmm....

Isabel disse...

O tamanho importa se for minimíssimo ou enormíssimo, felizmente a maioria dos homens é normal, excepto se for obcecado com isso.




(eu sou aquela que não acredita nessa namorada, por isso desta vez não vou comentar, "bebé")

Castadiva disse...

Olha que a rapariga é de manter a todo o custo. Frase acertadíssima "... o teu é normalzinho, porque haviam de falar nele?"
Sim porquê, diz lá? Querias esse assunto discutido publicamente? Mesmo?

Anónimo disse...

O tamanho não importa um caralho!

polvicia disse...

"Tenho muitas dificuldades em compreender se uma pessoa humana que não tem blogue é interesssante. ", por favor!!!!

Cat disse...

Começo a pensar se a tua namorada será real, ou fruto da tua imaginação. Porque com tantas "falhas", e necessidade de a moldar á imagem do que desejas e do que lhe queres incutir, além de considerares que ela talvez não seja assim tão interessante porque não sabe o que é, nem tem um blogue...vá lá, estás numa missão impossivel. (?)

Cuca disse...

essa tua namorada tem um Q.E. demasiado elevado para ser verdadeira.

João disse...

tanga...

Anónimo disse...

A minha curisidade fixa-se no que é que é grande. Estão a falar em quantos cm? 20, 30?
E de diâmetro? 5, 10?

Anónimo disse...

Ahahah
Lindo!
É claro que o tamanho conta, e isto reflecte-se para ambos!!