sábado, 20 de novembro de 2010

Os meus discos preferidos não interessam a ninguém #11:Grand Theft Auto: Vice City Box Set 2002


(ainda há mais discos, são 7)
As with everything involved with Grand Theft Auto: Vice City, the game's soundtrack is epic in scope and incredibly detailed. Though countless games have offered soundtracks, GTA: Vice City offers a unique twist on the format: Its soundtrack has seven volumes, one apiece for Vice City's radio stations (...) . Grand Theft Auto: Vice City Box Set collects all seven volumes into a sprawling, almost overwhelming set that spans the heavy metal of volume one, the new wave of volume two, volume three's soft rock, volume four's pop hits, volume five's hip-hop and electro, volume six's funk and urban hits, and the Latin jazz of volume seven. Several of the discs -- volumes one, five, and seven in particular -- are solid enough collections of their styles of music that they match, if not surpass, many "serious" collections of metal, hip-hop, and Latin music. - AMG

4 comentários:

Cuca disse...

oh, a quantidade gente que atropelei (no jogo, claro) ao som destas músicas, com o sol do fim de dia a bater na estrada junto ao mar.

Tolan disse...

Dá quase vontade de chorar não é? As saudades deste jogo...

Cuca disse...

Era lindo...a nostalgia de assassina atacou-me ao ouvir estas músicas. E roubar barcos? Há alguma coisa mais romântica que roubar barcos ao por-do-sol?

Tolan disse...

Nunca percebi porque é que os GTAs seguintes não tiveram uma banda sonora de igual calibre. O St Andreas não era mau, mas como se passava nos anos 90, podiam ter metido lá muita coisa fixe, só que só havia hip-hop. E o Liberty City, o último, foi mega desilusão na banda sonora.