quinta-feira, 11 de novembro de 2010

nunca gostei do Seinfeld



Nunca. Primeiro, o próprio Seinfeld enervava-me. O conceito do programa, com o nome dele. A sensação de deja vu constante nas piadas. Estão para a comédia televisiva como os U2 actuais para a música. Não posso dizer que são maus, mas são. Primeiro, mesmo vendo-os sem preconceitos, sempre o achei muito convencional, quase uma coisa datada assim que apareceu. Mas admito que parte do problema tinha a ver com o facto de terem uma apreciação "mainstream" que outra séries não tinham e que, paradoxalmente, me pareciam melhores. E em muitos casos, a adoração ao Seinfeld vinha de pessoas cujo o sentido de humor ou sensibilidade deixava muito a desejar (em muitos casos não, obviamente, como é o caso do maradona que vem postando coisas do Seinfeld desde sempre, facto que desde sempre me intrigou). Quando os Simpsons apareceram, na mesma altura do Seinfeld (1989) eram subversivos e provocavam acesa discussão entre as pessoas. Havia quem adorasse imediatamente e quem odiasse. Eu gravei os primeiros episódios todos em VHS. Os campos dividiam-se depressa. Ouviam-se comentários de "aquilo é uma parvoíce" ou "não faz sentido nenhum" ou "porque é que os bonecos são amarelos" e "são tão feios". Do Seinfeld, nunca ouvi ninguém dizer "aquilo é uma parvoíce" ou "não faz sentido nenhum". Ouvia "o Kramer é um granda maluco!" E algumas daquelas pessoas eram da JSD e faziam campanha pelo Cavaco Silva. E isso fez-me sempre ficar desconfiado. Não digo que o Seinfeld seja mau, repito. Mas é. Não é um Friends, mas é mau. Nos EUA, em 1989, ainda havia isto (última temporada). Que saudades.



21 comentários:

Pacica ♔ disse...

Hmpff, até que enfim! não estou sozinha! não s-u-p-o-r-t-o o Seinfeld, sempre foi para mim um mistério o sucesso daquilo. Já, esta última era uma delícia. Ainda ontem estive a ver um episódio, no memória, que apanhei de zapping e matei um bocadinho das saudades :) era mesmo gira e a música também...

Rita F. disse...

Acho que, tivesses tu visto, por exemplo, um episódio da série 8 do Seinfeld, The Pothole, e sendo tu uma pessoa que é tão sensível à complexidade narrativa das coisas, não escrevias que Seinfeld é mau. Se viste o episódio e ainda assim continuas a achar que é mau, eh pá, não sei o que te diga, olha, cada um tem os seus problemas. :)
Eu adoro o Seinfeld. Não percebo é como tu não gostas, sinceramente sempre assumi que gostavas. E tu dizes que é mau, já eu digo que é: brilhante. É assim, cada um é como cada qual.

Isabel disse...

Que animosidade para com o que considera mainstream. Bolas! (Está visto que gosto de Seinfeld)

Ana disse...

gostasses tu de lobo antunes e gostava eu de ti.

binary solo disse...

http://fuckyeahdementia.com/post/1544948788

Anónimo disse...

Não, não era mau era bom e era decadente desde o primeiro episódio. É sempre bom ouvir alguém dizer mal daquela merda

Pedro Góis Nogueira disse...

Depois do Peixote, esta é a segunda embirração (neste caso menos, até porque aqui temos qualidade) em que assino completamente por baixo. Adivinho que também não gostes do filme da Amélie Polain...

Mónica disse...

Tolan e Pacica, já somos três, uffff!

(eu também tenho os primeiros Simpsons todos em VHS).

Tolan disse...

Rita, eu tenho perfeita consciência que só devo ter visto uns 10 episódios completos do Seinfeld, sendo que houve umas largas centenas. Podia ter acontecido eu ver um bom e entrar no esquema. Isso nunca aconteceu enquanto com outras séries o clique foi instantâneo (recentemente, o 30 Rock).

Tolan disse...

Pedro, o Amélie Poulain simboliza mais ou menos tudo o que há de mau no cinema. Mas isso já é um velho tópico e não posso voltar a bater nessa tecla. Até tenho um rótulo: "pessoas amélie poulain". São as pessoas que adoram o amélie poulain. Só isso.

Pedro Góis Nogueira disse...

Exactamente de acordo. Nem mais.

Juanna disse...

Eu não gostava (nem gosto) do Seinfeld e a partir do 1874798579282375 episódio dos Simpsons fartei-me.

I. disse...

O Seinfeld (série) era brilhante, e só caiu quando saiu o génio por trás daquilo. Sim, o Larry David. Mas só uma pessoa atormentada por neuroses (e que sofra com TPM, confesso, admito) pode achar o Larry genial, pronto.

A Amelie Poulain é um gozo a si própria. Acho que muita gente que odeia o filme não o entendeu. As Amelies desta vida, por exemplo, não o entendem.

kiss me disse...

Pode-se entender um filme e ainda assim não se gostar (eu nunca - repito, nunca - tinha conhecido/lido alguém que não tivesse gostado do Amelie Poulin. Hoje fiquei um pouco mais feliz).

Quanto ao Seinfeld não percebo a histeria. E também nunca consegui ver mais do que 3 ou 4 episódios, se tanto. E comigo se não há química à primeira, esquece. Já com o 30 Rock (aquela Tina fey...) e o Modern Family foi amor ao primeiro episódio.

Rita Maria disse...

Se também nao gostares dos U2, faço-te uma estátua de miolo de pao.

kiss me disse...

Eu ajudo, Rita ;)

Tolan disse...

I, quanto ao Amélie Poulin, não é uma questão de entender, por amor de Deus. A começar pela voz off imbecil que explica cada cena e personagem antes de a vermos.

mitwist disse...

este homem acabou de dizer mal do seinfeld e do friends, tudo num só post.
god.

1.º o the national,ag isto.o q é q segue?p semana vais dizer q não gostas do meu pai?ou do vestido de bifes da lady gaga?!

mitwist disse...

sim claro, "pessoas amélie polan".a sério, q género.franjas e sabrinas.este ano gostam imenso de The XX e lomografia.QUE género.

Tolan disse...

mitwist, eu não consigo escrever sobre o José Sócrates por exemplo.

mitwist disse...

medricas