segunda-feira, 29 de novembro de 2010

estão a gozar comigo

Detesto frio. Tinha uma cadela que, quando estava frio e a chover e eu a ia passear à rua às 22h, tocava com a pata no passeio molhado fora do hall do prédio e se recusava a avançar, olhava para mim como que a dizer “estás a gozar comigo?” Tinha de a pegar ao colo, com o guarda chuva na outra mão, e ir até a um sítio que tinha areia (normalmente, o parque infantil) para ela fazer as necessidades. Depois pegava nela ao colo outra vez e voltavámos para casa. Não ouvi um obrigado uma única vez.
Às vezes eu chego à rua e penso “estão a gozar comigo” quando está a chover torrencialmente e frio, especialmente se for dia de levar fato. É ridículo. Nunca está o clima ideal para usar fato em Portugal, excepto durante Maio-Junho, mas nada se compara a um dia de chuva e frio em que os sapatos paneleiros escorregam na calçada molhada e ficamos com os tomates gelados com a corrente de ar que vem pelas calças acima.
Depois o carro está gelado e temos de esperar que o senhor motor aqueça até ligar o ar. Às vezes ligamos o ar cedo demais e vem frio e resistimos estoicamente a pensar “vai vir quente, vai vir quente” e só começa a aquecer quando chegamos ao trabalho. E depois não nos apetece sair do carro, estamos tão bem no carro.

Está-se tão bem no carro, ahhh

Gostava muito que a tecnologia evoluísse ao ponto das entidades empregadoras perceberem que uma pessoa que usa um computador, pode muito bem ficar em casa e trabalhar lá nos dias de frio. É preciso que uma coisa evolua muito para uma entidade empregadora a perceber. A coisa tem de evoluir até ser muito simples. Já tente explicar aquilo de usar a videochamada no messenger para o caso de terem dúvidas que, em vez de trabalhar, eu aproveitasse o tempo para dormir. Até podia vestir a merda do fato só para apercer na webcam. E claro, usar calças de pijama e as pantufas rato fora do plano da webcam. Mas nada, só um "estás a gozar connosco". Não me levam a sério. Entretanto, está frio.

7 comentários:

Wiwia disse...

Adoptarei a estratégia.

Não a do tele-trabalho, a da tua cadela.

Margott disse...

E poupavam nas rendas dos escritórios. :\

Andorinha disse...

É o meu caso, trabalho a partir de casa sempre que está mto frio, e não preciso da webcam pra nada!
De qq forma, em Portugal não está frio caro colega, na Holanda é que está frio! -2 neste momento. Quer neve pra ajudar a congelar os tintins?

purpurina disse...

Adorei a ideia de trabalhar em casa:)

Peter of Pan disse...

Está mesmo frio. É daqueles dias em que apetece ficar no gabinete a trabalhar em vez de ir para a rua. Sim, é tão mau quanto isto!

Isabel disse...

A ideia de trabalhar em casa só é apetecível enquanto não é realidade. Para mim não tem interesse. E não, não estou a gozar com quem quer que seja.

Anónimo disse...

Vem para o Brasil...

Recife - 38°C

:)